Acompanhe as últimas notícias da cidade de Miranda, MS.

16 de setembro de 2017

Miranda vai receber equipes do Projeto Rondon em 2018. O acordo de cooperação foi assinado na tarde de terça-feira, 12 de setembro, pela prefeita Marlene Bossay com o Ministério da Defesa – responsável por coordenar a ação – durante solenidade na Governadoria, em Campo Grande. O governador Reinaldo Azambuja participou da cerimônia.

“A Administração Municipal se empenhou em promover a vinda do Projeto, num trabalho com o Ministério da Defesa. O município estará fazendo a sua parte para que possa funcionar. O trabalho é mundialmente reconhecido, incentiva a integração dos jovens na sociedade”, afirmou a chefe do Executivo mirandense. Os Rondonistas estarão em Miranda no período de 06 a 22 de julho de 2018.

Além de Miranda, a chamada ‘Operação Pantanal’ terá ações desenvolvida em Bandeirantes, Bodoquena, Corumbá, Corguinho, Dois Irmãos do Buriti, Jaraguari, Ladário, Rio Negro, Rochedo e Terenos. Os municípios contemplados receberão, por 12 dias, duas instituições com 10 integrantes cada, sendo dois professores e oito alunos. As equipes trabalharão com oficinas em várias áreas do conhecimento, como cultura, direitos humanos e justiça, educação e saúde, comunicação, tecnologia e produção, meio ambiente e trabalho.

“É importante que conheçam nossas realidades, nosso potencial econômico, nossas atividades e nossa cultura. Mas, o mais importante é que conheçam a nossa gente, nosso povo, nossas características. Eles vão interagir com os vários segmentos da nossa sociedade, conhecer as ações que desenvolvemos, estudar questões que são importantes para o município, contribuindo com propostas de soluções. É a interação da universidade com a sociedade”, destacou a prefeita Marlene.

O Projeto Rondon é uma ação governamental que, em parceria com as instituições de ensino superior, tem como objetivo, junto os gestores municipais e lideranças comunitárias, contribuir com o desenvolvimento local sustentável e na construção e promoção da cidadania. O Ministério da Defesa coordena a iniciativa, que tem ainda a participação dos ministérios do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, do Desenvolvimento Agrário; da Educação; do Esporte; da Integração Nacional; do Meio Ambiente e da Saúde, além da Secretaria de Governo da Presidência da República.

O Projeto Rondon prioriza, assim, desenvolver ações que tragam benefícios permanentes para as comunidades, principalmente as relacionadas com, a melhoria do bem estar social e a capacitação da gestão pública. Busca, ainda, consolidar no universitário brasileiro o sentido de responsabilidade social, coletiva, em prol da cidadania, do desenvolvimento e da defesa dos interesses nacionais, contribuindo na sua formação acadêmica e proporcionando-lhe o conhecimento da realidade brasileira.

Projeto-Rondon-218 Projeto-Rondon-252